texto por Bernardo Semblano @bernardosemblano

A série de antologia orquestrada pelo produtor Ryan Murphy está de volta! Murphy que também foi o maestro de séries de televisão como American Horror Story, Glee, Monster: The Jeffrey Dahmer Story, Pose e Scream Queens, ressuscita Feud para uma segunda temporada após uma espera de sete anos.

Em 2017, a primeira rixa (“feud” em inglês), conduziu os telespectadores até à idade de ouro hollywoodiana, onde Bette Davis (interpretada por Susan Sarandon) e Joan Crawford (vivida por Jessica Lange) disputavam qual das duas era a rainha das telas, enquanto ambas se debatiam com o preconceito da indústria contra “mulheres de uma certa idade”.

Após o sucesso de crítica que foi Feud: Bette and Joan, gerou-se muita antecipação sobre quem seriam os protagonistas da próxima disputa. Segundo os rumores, os novos gladiadores seriam o Príncipe Carlos e a Princesa Diana, mas, talvez por causa da popularidade de The Crown, da Netflix, a produção não chegou a acontecer.

Agora, em fevereiro de 2024, a HBO Max Portugal estreou a segunda temporada Feud: Capote vs. The Swans, com um lançamento episódico semanal, muito próximo ao calendário norte-americano.

Nesta nova rixa, vamos estar por dentro dos círculos da alta sociedade de Nova Iorque, nos anos 60, onde o escritor Truman Capote, interpretado por Tom Hollander, se vê exilado após publicar confidências e histórias de mulheres, suas amigas.

Escusado será dizer que, apesar da tentativa de ficcionar alguns dos eventos escritos, as pessoas por detrás das personagens prometem uma vendeta contra o escritor.

As senhoras de sociedade desta história, também conhecidas por Cisnes (“swans” em inglês), são vividas pelas atrizes Naomi Watts, Diane Lane, Chloë Sevigny, Demi Moore, Calista Flockhart e Molly Ringwald.

Nesta história de glamour, intriga e traição, o público poderá contar com interpretações caricatas, várias reviravoltas e um grande tom de teatralidade. Sem dúvida, estes dois primeiros episódios estendem a elegância e as pequenas jogadas de poder que a primeira temporada nos habituou.

Aparentemente, esta nova história de Feud tem todos os ingredientes certos para que a série seja mais uma vez reconhecida pela crítica e pelos circuitos de prémios televisivos. Ficaremos atentos aos próximos episódios!